ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Artigos

Valores esquecidos

Por:  Júlio Cezar Colvero*

As comunidades e a sociedade, muitas vezes esquecem os acontecimentos que marcam a sua existência. Outro dia, ao falar com um dileto amigo-irmão-filho, manifestei a vontade de resgatar elementos de nossas vidas, na nossa urbe, e, principalmente da Academia primeira.

Há existências concretas de realizações que nos fazem perscrutar a mente. E muitas vezes mexem com a nossa irrequieta e insatisfeita personalidade. Mas, hoje falarei sobre um homem humilde, trabalhador constante, fazendo chuva, frio, ou sol, lá estava ele com sua inseparável bicicleta a fazer a entrega de seus produtos oriundos do trabalho familiar. Fala mansa, às vezes o olhar perdido, ouvia muito e falava manso. Amado por seus clientes e amigos. Mas o amor maior era de seus filhos – quatro varões e uma mulher – que o prantearam silenciosamente, com profundo respeito e muita dor.

Disse que um dos componentes de sua prole, uma jovem senhora, a Sra. Celanira da Rosa Polga, membro da comunidade acadêmica, assim como seu esposo, Rubem Almeida Polga. Juntos, irmanados na dor levaram o corpo de seu pai e sogro ao destino final da matéria. O cidadão em questão chamava-se Graciliano da Rosa, morador do entorno da UFSM, que, indo ao encontro do pai celestial, manso, atuante e lutador, certamente seu espírito foi recebido com alegria pelos que o antecederam na verdadeira morada.

Um dia, verdadeiramente, voltará à nosso plano terráqueo, após a purificação total de seu espírito lutador, paciente e amoroso. Insidiosa doença, definiu o fim material, mas com a presença constante de seus filhos e genro.

Sem fazer elogios, mas reconhecendo a dedicação, carinho, amor, infindo da querida amiga-filha, Celanira. Que Jesus, nosso Mestre maior, os ampare, e que o exemplo frutifique. A pátria espiritual é o nosso verdadeiro elo com a vida. Morrem homens não morrem ideais.

(Publicado em 22.08.2005)

* SEDUFSM



Compartilhe com sua rede social!

© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet