ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Artigos

Repensar a Universidade: A Visão da Comunidade

Por:  Clóvis Guterres*

Na primeira fase do projeto “Repensar a Universidade”, realizado em 13 de junho do presente ano, os debates giraram em torno das origens e desenvolvimento da Universidade com análises e depoimentos de especialistas, ex-reitores e do atual reitor.

Essa reconstituição histórica abriu espaço para novas interpretações dos caminhos percorridos pela UFSM, assim como subsidiou a organização da segunda fase do “Repensar”, centrado nos projetos institucionais e não-institucionais e os movimentos políticos, associativos e sindicais.

Nesta segunda fase pretende-se, mesmo que parcialmente, reconstituir também o lado “não-oficial” que se desenvolve paralelo ao “lado oficial” e, muitas vezes, em conflito. Desta maneira, a história da UFSM pode ser reescrita de forma mais ampla e crítica.

Os projetos institucionais mais antigos como o “Campus Avançado de Roraima” e a “Faculdade Interamericana de Educação” podem ser interpretados como impulso da UFSM em ultrapassar os seus limites regionais, seja para o país, seja para a América Latina. Hoje, sua área de influência sofreu grandes reduções pelo fim destes grandes projetos, assim como pela criação de novas universidades na região e o desaparecimento dos distritos geo-educacionais.

Projetos mais recentes, institucionais ou não, mostram novas formas de relações que a Universidade vem estabelecendo com a sociedade na medida em que trazem novos olhares e alternativas sobre e para os problemas sociais.

A reflexão sobre o “Movimento Universitário” certamente deverá recuperar o contexto da Universidade no período mais dramático da ditadura e suas influências.

A análise das associações e sindicatos devem reconstituir os movimentos, os conflitos e as construções coletivas paralelas ou intrínsecas à instituição, que de uma forma ou outra contribuíram para a definição dos seus rumos. Certamente, os resultados dessa nova fase de debates contribuirão para a construção de um novo projeto de Universidade para a UFSM.

* SEDUFSM



Compartilhe com sua rede social!

© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet