ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

18/10/2019   18/10/19 18h12 | A+ A- | 854 visualizações

Sindicato Nacional interpela judicialmente titular do MEC

ANDES-SN ingressou na Justiça Federal em Brasília sobre declarações de Abraham Weintraub


Ministro Abraham Weintraub, atribuiu a salário de docentes o grande gasto com ensino federal

O ANDES-Sindicato Nacional dos Docentes ingressou com uma interpelação judicial contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A medida, encaminhada à Justiça Federal em Brasília, tem por objetivo pedir esclarecimentos sobre declarações do titular do MEC. No dia 26 de setembro de 2019, enquanto dirigia-se ao o público do 21º Fórum Nacional de Educação Superior Particular, Weintraub atribuiu aos salários de alguns professores universitários vinculados a Universidades e Institutos Federais de Educação Superior (IFES) o grande problema da educação superior no Brasil. Ele afirmou ainda que estaria sendo gasta “uma fortuna” com um “grupo muito pequeno de pessoas”.

Conforme a argumentação do sindicato, as afirmações do ministro sobre os salários “não foram acompanhadas pela apresentação de qualquer estudo sério sobre a composição salarial da categoria e apenas funcionam como uma desqualificação geral que pretende colocar o conjunto da população contra a universidade pública”. Essa ação interpelativa, conforme o ANDES-SN, tem a finalidade de instruir uma ação de danos morais a partir de constatada a falta de base técnica para subsidiar as afirmações proferidas.

Diz ainda o texto da assessoria jurídica do sindicato que “a conduta praticada pelo requerido pode representar insuportável violação ao texto constitucional, para além do dano moral infligindo sobre os docentes de Universidades e Institutos Federais de Ensino Superior, motivo pelo qual se requer prestação de esclarecimentos e informações”.

Acompanhe a íntegra do documento jurídico aqui, ou abaixo, em anexo.

 

Texto: Fritz R. Nunes

Foto: EBC

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 

 

 

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!

Documentos




Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet