ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

06/04/2020   06/04/20 14h35 | A+ A- | 585 visualizações

Professores do Centro de Tecnologia auxiliam indígenas de Cachoeira do Sul

NIIJuC, projeto de extensão da UFSM, tem auxiliado na arrecadação e entrega de cestas básicas


Prof. Zeca (à esq.) coordena o NIIJuC da UFSM

Na última sexta-feira, 3 de abril, o professor do departamento de Direito da UFSM, José Luiz de Moura Filho (Zeca), e o funcionário da Sedufsm, Vinícius Heinz, foram até a cidade de Cachoeira do Sul fazer a entrega de 16 cestas básicas para três aldeias indígenas. A ação solidária foi possível devido às doações de professores do Centro de Tecnologia, que arrecadaram R$ 1.250, valor suficiente, com um acréscimo feito pela Sedufsm, para montar 16 cestas básicas com gêneros alimentícios e produtos de higiene (barras de sbão, kiboa e sabonetes).

Ao todo foram 16 famílias beneficiadas: 9 famílias da aldeia Araxaty, 2 famílias do Acampamento Guarani na BR 290 e 5 famílias da aldeia Guarani do Piquiri (Guabiju).

O professor Zeca coordena o Núcleo Interdisciplinar de Interação Jurídica Comunitária/Residência UFSM (NIIJuC UFSM), que vem acompanhando a situação dos indígenas e quilombolas frente a pandemia de coronavírus. Quem desejar acompanhar as atividades do Núcleo, pode curtir a página no Facebook.

Solidariedade

 A pandemia de coronavírus tem demonstrado que o sistema capitalista não se interessa em preservar a vida e a dignidade dos trabalhadores. Todos somos atingidos, mas há setores de nossa classe ainda mais penalizados. É preciso fortalecermos nossa cobrança ao Estado para que invista em saúde, pesquisa e protetividade social. Para além disso, esse é um momento que demanda de nós, mais do que nunca, a solidariedade de classe. 

Veja como contribuir aqui

 

Texto: Bruna Homrich

Foto: Vinícius Heinz

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet