ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

20/05/2020   20/05/20 15h54 | A+ A- | 380 visualizações

Pressão surte efeito e prova do ENEM é adiada

Um dia depois de o Senado aprovar suspensão de provas, governo adia por 30 ou 60 dias


Relatora do projeto aprovado, senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), durante conferência virtual

As aulas estão suspensas em todo o país e os estudantes sendo incentivados a aderir ao ensino a distância - muitas vezes sem ter acesso aos recursos mínimos de tecnologia e espaço físico. Em meio a essa conjuntura, o entendimento do movimento sindical é que a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é não apenas impraticável como, sobretudo, injusta. Após pressão de entidades da educação e também da sociedade em geral, a partir da campanha #AdiaEnem, o governo Bolsonaro anunciou na tarde desta quarta (20), o adiamento do Enem por 30 ou até 60 dias.

A decisão de um governo que parecia irredutível vem depois que nesta terça, 19, o assunto foi incluído na pauta de votação e o texto da senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), com um projeto determinando o adiamento das provas, foi votado, recebendo 75 votos a favor e um voto contrário, justamente o do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, já havia demonstrado que estava sob pressão e chegou a admitir que faria uma consulta pública para saber a opinião dos maiores interessados, os estudantes, sobre o adiamento. Horas antes de divulgar, por meio de mídias sociais, a proposta de ouvir essa população através da ferramenta, o ministro havia pedido ao relator da matéria no Senado, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), que a retirasse da pauta de votação. Weintraub, mais uma vez, defendeu que o Enem não teria a finalidade de compensar desigualdades sociais, e recebeu como resposta uma negativa. O ANDES-SN se posicionou contra a consulta pública, nesse caso, inclusive pelo temor de que haja manipulação nos dados obtidos.

Fim da pandemia

A redação da proposta, que prevê a realização das provas apenas após o término do decreto de calamidade pública por conta da pandemia, foi uma resposta à impossibilidade de estabelecer conversação com o MEC, que já havia recebido demandas por maior diálogo. A dificuldade de entendimento, arrastada por 40 dias de tentativas de acordo, fica patente no resultado alcançado na votação. Considerada uma medida pautada no bom senso por praticamente todos os senadores, entretanto, foi impossível de ser obtida por conciliação.

Antônio Gonçalves, presidente do ANDES-SN, analisou que na situação extraordinária enfrentada pelo mundo em razão da pandemia da Covid-19, questões concretas e subjetivas tornavam evidente que todos os esforços deviam ser concentrados em adiar a prova. ‘‘A mobilização deve, antes de mais nada, frisar que o ensino público é importante ferramenta de equivalência social e, se acontecesse sob desigualdade profunda de condições de preparação objetiva e psicológica, iria aprofundar ainda mais a diferença de oportunidades que a população brasileira enfrenta’’, pontuou o sindicalista.

Fonte: ANDES-SN com edição de Fritz R. Nunes

Foto: Agência Senado

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 

Fonte: ANDES-SN com edição de Fritz R. Nunes

Foto: Agência Senado

Assessoria de imprensa da Sedufsm


 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet