MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

04/09/2020   04/09/20 18h37 | A+ A- | 341 visualizações

Entidades de Santa Maria organizam ‘Grito dos Excluídos’

Manifestações ocorrem em todo o país neste dia 7 de setembro


Material de divulgação do 'Grito' em Santa Maria

A Frente Única de Trabalhadores e Trabalhadores de Santa Maria (FUTT), da qual participa a Sedufsm, se soma à Frente Brasil Popular e a outros sindicatos e entidades de Santa Maria, na realização de atividades que integram a programação do 26º Grito dos Excluídos, um evento que ocorre a cada ano, na data de 7 de setembro.

O ‘Grito’ é um evento organizado pelo Setor Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Pastorais Sociais, Sindicatos e Movimentos Populares de todo o Brasil. O dia de manifestações, que ocorre há 26 anos consecutivos, em 2020 traz como tema principal “A vida em primeiro lugar”. Já o lema da 26ª edição é “Basta de miséria, preconceito e repressão!”.

Os organizadores do evento em Santa Maria encaminharam algumas atividades para os dias que antecedem o 7 de setembro, e outras que ocorrerão no dia em que se comemora a Independência do Brasil. Algumas das iniciativas se enquadram na ideia de ‘ações de solidariedade popular’, como por exemplo: campanha de arrecadação de alimentos e almoço solidário. Os alimentos arrecadados serão distribuídos em comunidades carentes na segunda, dia 7.

Para além das ações solidárias, os organizadores do ‘Grito dos Excluídos’ também farão ações de denúncia do governo federal. Faixas estarão sendo colocadas em diversos pontos da cidade, será realizada panfletagem, e um  carro de som passará em alguns bairros. Todas essas ações somadas têm por objetivo  denunciar a responsabilidade do governo Bolsonaro pelo descontrole da pandemia de coronavírus no país, pela destruição das florestas e meio ambiente, o que tem gerado o massacre de indígenas e outros povos, bem como por ser o governo responsável pela crise econômica que tem levado ao desemprego e ao aumento da pobreza.

Pelo fim da violência. A vida acima do mercado

No material explicativo da CNBB sobre a edição atual do ‘Grito dos Excluídos’ está descrito que “nunca se ouviu tantos gritos por este Brasil afora. Por um lado, um grito de desespero das famílias enlutadas pelo COVID-19, sem assistência médica, sem recursos. Há tantas vítimas do Racismo, da Violência Doméstica, do abuso sexual de crianças e adolescentes, do abandono e da desesperança de pessoas de todas as idades, especialmente os sem trabalho, sem teto, sem terra e sem direitos”. 

Conforme a nota, “a crise mundial da pandemia do COVID-19 coloca em questionamento toda desigualdade da Organização Social, Política, Econômica, Ambiental, Estrutural do mundo, incluindo o Brasil”. E acrescenta ainda que “nunca tivemos tanta convicção de que a “vida em primeiro lugar” e a “vida deve estar acima do mercado”.
 

Confira mais informações sobre a programação nacional pelo facebook do evento.

Texto: Fritz R. Nunes

Imagem: Divulgação

Assessoria de imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet