ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

27/01/2020   27/01/20 14h09 | A+ A- | 800 visualizações

Tragédia da Kiss completa sete anos com “gosto amargo da injustiça”

Familiares e sobrevivente realizaram caminhada e ato público neste domingo, 26, à noite


27 de janeiro: sete anos lutando por justiça

Reclamações sobre a lentidão do processo judicial que, sete anos após a tragédia que ceifou a vida de 242 pessoas e deixou centenas delas feridas, em 27 de janeiro de 2013, foi o que mais se ouviu na noite deste domingo, 26, véspera da data da tragédia da Kiss. Após uma caminhada com dezenas de pessoas, que saiu da praça Saldanha Marinho, centro de Santa Maria, e finalizou na rua dos Andradas, em frente onde era a casa noturna, houve um ato público. Flávio Silva, ao usar a palavra, resumiu o sentimento de familiares de vítimas e de sobreviventes: “ainda sentimos o gosto amargo da injustiça”.

O presidente da Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes (AVTSM), Flávio Silva, destacou que, ao longo desses sete anos foram enfrentadas muitas batalhas junto ao Ministério Público, ao Poder Judiciário, para que finalmente se chegasse ao momento em que os responsáveis pudessem responder pelos atos que cometeram. Essa batalha cotidiana e inglória levou a que Silva confessasse na noite de domingo perante as pessoas que compareceram à atividade: “estamos esgotados”.

Um misto de ato ecumênico foi realizado em frente à Kiss, com as pessoas de mãos dadas em volta de um desenho de um coração, iluminado por velas que enumeravam as 242 perdas. Irmã Lourdes Dill falou em fé, esperança e resistência, mas também citou  “indignação”. Ela chamou a atenção: “Será que a população de Santa Maria já esqueceu o que aconteceu?”. Quem também se manifestou e citada como uma figura de constante presença junto às mães da AVTSM foi Maria das Graças Py, espírita kardecista. Segundo ela, é preciso rememorar o que aconteceu, mas sem ódio no coração. A atividade teve esse momento finalizado com o abraço entre todos.

A programação relativa aos sete anos do incêndio na casa noturna ocorreu até o início da madrugada desta segunda, 27. E prosseguirá ao final da tarde desta segunda-feira e parte da noite junto à praça Saldanha Marinho. Confira a programação.

(MAIS FOTOS ABAIXO)

Texto e fotos: Fritz R. Nunes

Assessoria de imprensa da Sedufsm

 

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet