ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.

Sindicato


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

07/08/2020   07/08/20 15h26 | A+ A- | 246 visualizações

Conselho Municipal de Saúde posiciona-se contra uso de cloroquina

Documento recomenda ampliação da testagem e fortalecimento da atenção básica em saúde


Órgão expressa preocupação com efeitos colaterais da cloroquina e hidroxicloroquina, que podem incluir arritmia cardíaca

O Conselho Municipal de Saúde de Santa Maria publicizou documento em que se posiciona contrário ao uso de medicamentos que não tenham sua eficácia e segurança comprovadas para tratamento da Covid-19. Outras recomendações feitas pelo órgão dizem respeito ao aumento da testagem, ao fortalecimento das políticas de atenção básica na saúde e à garantia das condições de isolamento às pessoas em situação de vulnerabilidade que forem infectadas pelo novo coronavírus.

A manifestação do Conselho veio após documento protocolado pelo vice-prefeito Sergio Cechin, com apoio da bancada do Partido Progressista na Câmara de Vereadores, em que era sugerido ao prefeito Jorge Pozzobom a utilização de parte da verba destinada ao tratamento da Covid-19 para aquisição dos medicamentos Hidroxicloroquina, Azitromicina e Zinco, além do profilático Ivermetctina.  

O Conselho ressalta que até o momento não existem evidências científicas robustas que indiquem uma terapia farmacológica específica para a Covid-19, e que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária não recomenda a utilização de cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes infectados. Além disso, ressalta estudos publicados por revistas científicas como a The New England Journal of Medicine, JAMA, The BMJ 1 e The BMJ 2, que têm demonstrado a incidência de complicações cardíacas em decorrência do uso de cloroquina e hidroxicloroquina.

Devido aos riscos que envolvem a utilização de tais medicamentos, faz-se necessário que todos os pacientes, antes de se submeterem ao tratamento, façam anamnese, exame físico e exames complementares. Isso, afirma o Conselho, impactaria ainda mais o Sistema Único de Saúde, “principalmente as Unidades Básicas de Saúde e Upas. Muitas das quais não possuem os equipamentos necessários para avaliar se o paciente pode ou não usar a Cloroquina ou a Hidroxicloroquina por causa do efeito colateral relacionado à arritmia cardíaca, por exemplo”, aponta trecho do documento.

No texto, os membros do Conselho Municipal de Saúde ainda dizem que qualquer propaganda a respeito de um remédio supostamente eficiente contra a Covid-19, porém carente de validação científica, acaba por iludir a população e comprometer as medidas sanitárias necessárias para combater a pandemia.

Leia, ao fim da página, o documento na íntegra.

 

Texto: Bruna Homrich

Imagem: Print

Assessoria de Imprensa da Sedufsm



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!

Documentos




Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet