MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Sindicato

ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que a partir de segunda, 23 de março, a sede do sindicato estará fechada e todos os atendimentos serão realizados de forma remota (online), por tempo indeterminado. Os (as) sindicalizados (as) poderão entrar em contato com a entidade das 8h às 12h e das 14h às 18h através do e-mail sedufsm@terra.com.br ou dos telefones (55) 99614-2696 e (55) 99935-8017.


Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
sedufsm@terra.com.br

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

22/10/2020   22/10/20 10h28 | A+ A- | 168 visualizações

Guedes fala em economizar com medidas que sequer constam na PEC 32/20

Ministro da Economia chegou a falar em redução de gastos de R$ 300 bilhões em 10 anos


Guedes cita estudo do Ipea que fala em reduzir 30% do salário de servidor ingressante no setor público

Quando o objetivo é agradar ao mercado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, parece disposto a fazer qualquer coisa. Inclusive, usar dados que expliquem redução de gastos, mesmo que sejam medidas que sequer constam na proposta de reforma administrativa (PEC) 32/20, que foi encaminhada ao Congresso Nacional, em 3 de setembro.

No dia 10 de setembro, Paulo Guedes anunciou que a reforma administrativa traria uma economia de R$ 300 bilhões em 10 anos. A fala foi feita durante evento no IDP (Instituto de Direito Público de Brasília). Entretanto, conforme o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), o valor é hipotético, e inclui medidas que não estão no texto da PEC 32. Uma delas é reduzir em 50% o volume de novos funcionários que tenham apenas o ensino médio e uma redução de 30% no valor de todos os salários de entrada (dos servidores), além de estender essas medidas para estados e municípios.

O portal ‘Poder 360’ chegou a pedir, via Lei de Acesso à Informação (LAI), acesso aos estudos que teriam embasado o valor divulgado pelo ministro da Economia. No entanto, o ministério disse (ao portal) que a origem é um estudo “publicado quatro dias depois da fala” pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). 

Estudo com cenários variados

Segundo publicação do DIAP, seriam seis hipóteses no estudo (do Ipea). A mais próxima da economia de R$ 300 bilhões envolve:

- A reposição de apenas 50% dos funcionários de nível médio;

- Redução de 30% no salário inicial;

- Progressão mais lenta na carreira.

O detalhe é que a estimativa do estudo inclui a adoção da mesma regra por Estados e municípios. 

Clique aqui e leia o estudo completo.

 


Fonte: Diap/Portal Poder 360

Imagem: EBC

Edição: Fritz R. Nunes (Sedufsm)

 



Fotos



* Clique na foto para Ampliar!


Compartilhe com sua rede social!














© 2020 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041
Website por BM2 Tecnologia em Internet