MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32


ATENDIMENTO DA SEDUFSM

A Sedufsm informa que desde o dia 20 de outubro de 2021 recomeçou o atendimento presencial na sede. Os (as) sindicalizados (as) devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo fone (55) 3222.5765 para fazer o agendamento da ida à sede.


Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Twitter

SEDUFSM

Facebook

SEDUFSM

Youtube

SEDUFSM

Notícias

03/12/2021   03/12/2021 14h07m   | A+ A- |   321 visualizações

Dica: docente recomenda um filme de dança

Obra de grupo da Faculdade Metodista está em cartaz no Arcoplex de Santa Maria


Sextou! Nesta sexta, 3 de dezembro, a dica cultural vem da professora Neila Baldi, do curso de Dança-Licenciatura da UFSM. No artigo abaixo, ela destaca os motivos para que se vá ao cinema – Arcoplex, de Santa Maria- assistir um filme de dança. A obra em destaque, que pode ser vista gratuitamente, trata sobre como viver (ou sobreviver) na pandemia. Financiado pela Lei Aldir Blanc, o filme é do grupo Integração & Arte, da Faculdade Metodista de Santa Maria.
 

“Vá ao cinema ver dança!

Como num filme de ficção nos vimos, em março do ano passado, trancados/as em casa para não morrermos de Covid. Cidades ficaram desertas, pessoas se isolaram e viveram rotinas nada comuns. O nosso passado tão próximo – muitos/as já retomaram as atividades – está retratado em “Um Filme SobreViver”, do grupo Integração & Arte mantido pela Faculdade Metodista Centenário, que teve pré-estreia ontem (quinta, 2) no cinema Arcoplex, em Santa Maria. A obra, financiada pela Lei Aldir Blanc – fruto da luta de artistas de todo país pela sobrevivência – ficará em cartaz por 10 sessões nos dias 06, 07, 09, 12, 13 e 14 de dezembro de 2021, sempre às 19h e 20h30. Os ingressos, gratuitos, podem ser retirados na bilheteria física do Arcoplex.

A ideia do filme surgiu quando o grupo estava realizando suas atividades a distância. A partir dos encontros online, foram criados solos que envolviam os sentimentos daquele momento e, depois de conversas individuais com os bailarinos e bailarinas, Alline Fernandez e Pâmela Ferreira criaram o roteiro, que retrata a rotina de homens e mulheres em meio ao isolamento social e tudo o que ele provocou em nós. Seus medos, frustrações e conflitos, assim como o desejo de respostas e a necessidade de dias melhores são os fios que narram a história poética e audiovisual dançada: a luta pela sobrevivência de todos/as nós, em especial dos/as artistas, os desejos de como sair daqueles momentos, por isso, um filme sobre viver – e o trocadilho no nome.

Para construção das personagens foram feitas reuniões com uma equipe de psiquiatria e psicologia, para que falas, gestos, movimentações pudessem auxiliar o público a vislumbrar as ideias propostas e materializar uma dramaturgia a partir da dança. 

Sair de casa, em tempos pandêmicos, ainda é difícil. Mas “Um Filme SobreViver” propõe uma experiência diferenciada a espectadores e espectadores, ao misturar dança e audiovisual em um longa-metragem. Não é uma videodança, não é um documentário, não é um espetáculo filmado. É um filme de dança. Feito em Santa Maria, mas que poderia ter sido filmado em qualquer lugar do mundo, porque todos/as passamos por isso.”

O que: Um Filme SobreViver

Onde: Arcoplex Cinemas, Royal Plaza Shopping.

Quando: Sessões abertas e gratuitas: 06, 07, 09, 13 e 14 de dezembro, sempre as 19h e 20h 30.

Quanto: Gratuito. Retirada de ingressos na bilheteria física do Arcoplex.
 



Neila Baldi

Professora do curso de Dança-Licenciatura do CEFD-UFSM.


Imagens: Divulgação e Arquivo pessoal
Edição: Fritz R. Nunes (Sedufsm)

 

 

Fotos da Notícia

Neila Baldi

Compartilhe com sua rede social


© 2022 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041