Comando Local de Greve divulga nota de apoio ao mapeamento da comunidade atingida pelos eventos climáticos SVG: calendario Publicada em
SVG: atualizacao Atualizada em 16/05/24 12h21m
SVG: views 446 Visualizações

“A PRPGP da UFSM, parece não estar interessada em saber a situação das pessoas que fazem parte da comunidade universitária neste momento difícil”, ressalta o texto

Alt da imagem

O Comando Local de Greve da UFSM divulga nesta quinta, 16 de maio, uma nota de apoio à pesquisa de Mapeamento sobre a situação da comunidade acadêmica durante os eventos climáticos extremos. 

"Nota de apoio à pesquisa de Mapeamento sobre a situação da comunidade acadêmica da UFSM durante os eventos climáticos extremos

Desde o final de abril de 2024, cerca de 90% dos municípios do estado do Rio Grande do Sul (inclusive Santa Maria e Cachoeira do Sul) têm passado pela maior calamidade climática da sua história. Muitas vidas foram perdidas, estradas e pontes destruídas, cidades inteiras alagadas, áreas de produção agrícola e de vegetação foram submersas, aeroportos foram fechados, entre diversos outros problemas. A comunidade universitária da UFSM também foi atingida por estes eventos extremos, mas ainda não sabemos quem teve perdas, quais foram, se precisam de ajuda e quais as suas condições de vida e de possível retorno para as atividades acadêmicas.

Por iniciativa de estudantes e professores/as vinculados/as ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) e apoiado por diversos outros cursos e organizações vinculadas à UFSM preocupados com a situação da comunidade universitária, foi elaborado um questionário online para ser preenchido, de forma voluntária, por estudantes, docentes, técnico-administrativos/as (TAEs ) e trabalhadores/as terceirizados/as da UFSM. A ideia é fazer um mapeamento da situação, embasar ações de apoio e decisões. O questionário está sendo divulgado desde o dia 11 de maio pelo site e redes sociais do PPGCS, de grupos de pesquisa, da Sedufsm, da UFSM.

Surpreendentemente, no dia 15 de maio, a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP) retirou o questionário do site da UFSM e solicitou ao PPGCS que também o fizesse por faltar aprovação da pesquisa no Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da instituição. Ocorre que se trata de pesquisa de opinião, não sendo necessária a aprovação do comitê de ética. Como previsto na Resolução n. 510, de 7 de abril de 2016, do Conselho Nacional de Saúde, que trata da ética na pesquisa nas Ciências Humanas e Sociais, Art. 1º, Parágrafo único: “Não serão registradas nem avaliadas pelo sistema CEP/CONEP: I - pesquisa de opinião pública com participantes não identificados”.

Ademais, para se obter a aprovação de uma pesquisa pelo Comitê de Ética em Pesquisa é necessário, inicialmente, registrar um projeto no Portal de Projetos da UFSM e, como se sabe, o campus esteve sem internet por vários dias e os/as TAEs e os/as docentes estão em greve, portanto, o sistema de registros está parado. Posteriormente, o CEP costuma designar os projetos para parecer de avaliadores/as docentes, o que, em tempos normais, pode levar meses.
Como se percebe, a PRPGP da UFSM parece não estar interessada em saber a situação das pessoas que fazem parte da comunidade universitária neste momento difícil e a urgência disso. Dificulta e cria obstáculos para que a comunidade universitária faça, ela mesma, o diagnóstico da situação de seus membros e possa fazer chegar ajuda aos que necessitam.

Pelos motivos elencados, o Comando Local de Greve dos/as Docentes da UFSM, reconhece a pertinência e manifesta apoio à pesquisa de mapeamento da situação realizada pela equipe do PPGCS.

 

Santa Maria, 16 de maio de 2024
Comando Local de Greve das e dos Docentes da UFSM".

 

 

Edição: Karoline Rosa
Arte: Italo de Paula
Assessoria de imprensa da Sedufsm

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: jornal Notícias Relacionadas

Sedufsm participa de ato na Câmara de Vereadores contra o PL antiaborto

SVG: calendario 21/06/2024
SVG: tag Sedufsm
Votação de Moção é adiada para o dia 25 de junho, população presente na sessão plenária reage com protestos e acusa vereadores(as) de manobra regimental

Sede da Sedufsm não abre ao público na tarde desta quarta, 19 de junho

SVG: calendario 19/06/2024
SVG: tag Sedufsm
Alteração no funcionamento se deve à assembleia docente que ocorre no Auditório do CCR

ANDES-SN repudia projeto antiaborto

SVG: calendario 17/06/2024
SVG: tag Sedufsm
No dia 12 de junho, a Câmara aprovou urgência para PL que equipara aborto acima de 22 semanas a homicídio

Veja todas as notícias