Docentes em greve realizam vigília no campus sede, na segunda, 3 de junho SVG: calendario Publicada em
SVG: atualizacao Atualizada em 29/05/24 14h34m
SVG: views 331 Visualizações

Comando Local de Greve entregou brinquedos no CEFD e material escolar no CCSH nesta quarta, 29 de maio

Alt da imagem
Doações foram entregues por docentes na manhã desta quarta, 29

Na próxima segunda, 3 de junho, o Comando Local de Greve (CLG) docente segue com suas atividades de mobilização na UFSM, mesmo dia em que a gestão da universidade apontou para o retorno da comunidade após a emergência climática. Além de uma panfletagem pelo campus sede a partir das 9h, também está sendo organizada uma vigília para o turno da tarde. A data de 3 de junho também foi estabelecida pelo ANDES-SN como Dia Nacional de Luta nas Universidades, Institutos Federais e Cefets.

A atividade inicia às 14h, no lonão em frente ao Centro de Tecnologia, no mesmo momento em que estará acontecendo a reunião entre o Comando Nacional de Greve (CNG) do ANDES-SN e integrantes do Ministério da Gestão e Inovação (MGI), em Brasília, com vistas a obter retorno sobre a contraproposta encaminhada ao governo na segunda, 27 de maio.

Ações da Greve Solidária 

Na manhã desta quarta-feira, 29 de maio, o CLG entregou brinquedos no CEFD, que serão repassados aos abrigos, e material escolar no CCSH, que serão encaminhados à Quarta Colônia. As ações são uma iniciativa da categoria docente que está em um movimento paredista desde o último dia 25 de abril e que no dia 7 de maio decidiu reverter suas ações em diversas atividades da Greve Solidária em função das enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul.

A vice-presidenta da Sedufsm, Márcia Mörschbächer, explica que a Greve Solidária trata-se de “uma iniciativa relevante do Comando Local de Greve e da Seção Sindical, em um momento que as necessidades são de reconstrução e de retomada da convivência, das atividades de lazer e das atividades escolares”, comenta Márcia. 

Importante ressaltar que ambas as ações foram possíveis a partir de recursos oriundos do repasse da Regional RS do Andes-SN e das doações recebidas via Pix. Além disso, foram entregues materiais escolares arrecadados na sede da Sedufsm. Do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) veio a solicitação de brinquedos e jogos infantis, além de livros infantis e infanto-juvenis, que serão repassados aos abrigos. 

“Nossa greve é por salário, carreira, condições de trabalho, recomposição do orçamento das instituições federais de ensino, e incorporou às suas atividades as ações de solidariedade. Chamo a todos e todas as docentes a prosseguirem com as contribuições para nossa campanha de solidariedade”, destaca a vice-presidenta da Sedufsm.

 

Texto: Karoline Rosa e Fritz R. Nunes
Fotos: Karoline Rosa
Assessoria de Imprensa da Sedufsm 

 

SVG: camera Galeria de fotos na notícia

Carregando...

SVG: jornal Notícias Relacionadas

ANDES-SN assina acordo resultante da greve com o governo federal

SVG: calendario 28/06/2024
SVG: tag Greve 2024
Presidente da Sedufsm diz que conteúdo assinado foi o possível e recoloca o sindicato como protagonista

Sedufsm informa Reitoria sobre fim da greve e entrega moção de repúdio

SVG: calendario 28/06/2024
SVG: tag Greve 2024
Sindicato comunicou volta das aulas em 1º de julho e repassou documento aprovado em assembleia

Docentes da UFSM finalizam greve e aprovam retorno às aulas em 1º de julho

SVG: calendario 27/06/2024
SVG: tag Greve 2024
Assembleia também aprovou moção de repúdio à Reitoria devido à forma como foi encaminhado o calendário acadêmico

Veja todas as notícias