MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA ADMINISTRATIVA

Cartilha sobre a PEC 32

Últimas Notícias

Espaço Cultural

Reflexões Docentes

Contatos SEDUFSM

(55) 3222 5765

Segunda à Sexta
08h às 12h e 14h às 18h

Endereço

SEDUFSM
Rua André Marques, 665
Centro, Santa Maria - RS
97010-041

Email

Fale Conosco - escreva para:
[email protected]

Notícias

09/08/2022 17h44m   09/08/2022 17h46m   | A+ A- |   253 visualizações

Fonasefe divulga carta a parlamentares solicitando reajuste ao funcionalismo em 2023

Documento salienta que governo Bolsonaro, além de não conceder qualquer reajuste a servidores/as, ignorou todas as tentativas de negociação


O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) divulgou nota direcionada às e aos parlamentares, exigindo que se mobilizem no âmbito do Congresso Nacional para incluir, na Lei Orçamentária Anual (LOA) e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, a previsão de recomposição salarial para o funcionalismo público. O ANDES-SN, sendo uma das entidades que compõem o Fórum, também é signatária da carta – que pode ser lida, na íntegra, no anexo ao final desta página.

No documento, o Fonasefe reforça que, durante os quatro anos de governo Bolsonaro, as servidoras e servidores públicos não receberam qualquer tipo de reajuste – nem mesmo para repor a inflação do período – e tiveram todas as suas tentativas de negociação rechaçadas e ignoradas pelo Executivo.

“É certo que o governo possui reservas suficientes para investir em mais e melhores serviços públicos e em condições adequadas ao funcionalismo. Mas está claro que o Executivo não coloca à disposição da sociedade esses recursos e com isso aprofunda a lógica perversa que privilegia grandes investidores enquanto se ampliam os problemas sociais do Brasil”, atesta trecho da carta.

Na última semana, durante Jornada de Lutas em Brasília, o Fonasefe já havia se reunido com representantes do Ministério da Economia para solicitar que a reposição do funcionalismo fosse incluída na LOA de 2023, que deve ser enviada pelo governo federal ao Congresso até o dia 31 de agosto.

Segundo notícia divulgada pelo Jornal Extra, a proposta orçamentária de 2023 deve conter uma previsão de reajuste para servidores, contudo não há indicativo de percentuais de aumento. Segundo fontes do governo, técnicos estariam trabalhando com uma previsão de aproximadamente 12 bilhões de reais, mas dada a truculência com que o governo vem tratando o funcionalismo, até se bater efetivamente o martelo no reajuste, não convém nutrir esperanças.

 

Texto: Bruna Homrich

Imagem: Print

Assessoria de Imprensa da Sedufsm

 

Fotos da Notícia

Documentos da Notícia

Compartilhe com sua rede social


© 2022 SEDUFSM
Rua André Marques, 665 - Centro, Santa Maria, RS - 97010-041